Publicado por: wainertoni | 28/09/2010

Experiências e Dicas: iPhone 4

iPhone 4 Muito tem se falado de smartphones ultimamente, as notícias são tantas que chegam a ser repetitivas. Não foi diferente com o lançamento do novo iPhone da Apple, o modelo que chega a sua 4a geração.

Estive presente na loja da TIM, do Shopping Eldorado, durante o lançamento e pude ver a multidão que esperava por mais de 5 horas o início das vendas. Quase 500 pessoas, para pouco mais de 200 aparelhos disponíveis na loja, mas o fato mais marcante foi o sorteio de um iPhone 4 de 16GB, que premiou um dos “otimistas” que se encontrava no final da fila com o número 475.

Como um aficionado de tecnologia móvel que sou, não poderia aguardar o tão bem recebido lançamento no Brasil, que como sempre ficou para o final da lista de países agraciados pela Apple. Foi durante minhas férias, que não resisti e acabei por comprar um, em Orlando na Flórida, mesmo contra os conselhos de alguns como o Blog do iPhone.

Vocês devem estar se perguntando: Mas vale a pena comprar fora do meu país? Qual a diferença de preço entre USA e Brasil? Qual o custo para o desbloqueio do aparelho? O Jailbreak é ilegal? Onde comprar nos USA?

Bem, nem todas as respostas são as mesmas para todos, algumas variam de acordo com seu perfil, mas vamos lá.

Com relação a valer ou não a pena, em minha opinião valeria sim, desde que você ainda não tivesse o mesmo disponível no Brasil, ou se aqui também o tivéssemos bloqueado para determinada operadora. Só há uma ressalva a fazer, não verifiquei qualquer problema de antena no aparelho americano, já no brasileiro esse foi bem perceptível.

Já com relação ao preço, você tem duas opções de aparelho o de 16GB e o de 32GB. Como você não mora nos USA, deve comprar sem contrato, ou seja, sem vínculo com a AT&T, que é a única operadora que têm acordo com a Apple. Este custo fica em US$599.00 para o de 16GB e US$699.00 para o de 32GB mais o imposto, que varia de cidade para cidade e gira entre 6 a 10%. Com isso note que o preço fica muito próximo ao praticado no Brasil e ainda com a desvantagem de ser pago à vista. O aparelho para quem não sabe, só é oferecido na cor preta por enquanto.

Neste ponto alguns de vocês devem estar se perguntando: Mas porque você comprou nos USA então? Comprei porque em Julho desse ano o aparelho não estava disponível no Brasil, e nem havia uma previsão de seu lançamento oficial.

E o desbloqueio tem custo? Na verdade ele pode ser feito por você mesmo, usuário comum ou geek, utilizando um site chamado www.jailbreakme.com diretamente do Safari JailbreakMeno aparelho, sem qualquer complicação. Em seguida, através do ícone Cydia que será acrescentado na tela do seu celular, basta instalar o ultrasn0w 1.1-1 e pronto, seu aparelho estará desbloqueado e pronto para ser usado com qualquer operadora. Mas isso só vale para as pessoas que tiverem a sorte de comprar um aparelho que venha com o iOS 4.0.1, o que não é fácil de acontecer atualmente. Caso contrário você terá que aguardar por um tempo indefinido ainda. E seu iPhone se tornará um iPod somente. Você pode verificar se o desbloqueio para sua versão de iOS está disponível pelo site www.jailbreakmatrix.com.

Todo o processo de desbloqueio é fácil, mas note que se você é um usuário que não tem tanta afinidade com “bits e bytes”, o melhor é pedir ajuda para alguém ou optar por comprar um aqui no Brasil mesmo. Isso porque a manutenção do desbloqueio pode também não ser uma coisa tão trivial assim.

O processo de Jailbreak é totalmente legal, segundo parecer recente da justiça americana, mas ele só lhe permite a instalação de aplicações de outras fontes como o Cydia, adicionais a Apple Store. Instalar aplicações que compre a partir de outras fontes e não somente da Apple Store é um direito do dono do aparelho, mas nesse não se inclui a instalação de aplicações piratas de algumas fontes existentes.

Quanto à compra do aparelho esta pode ser feita em qualquer loja Apple, mas limitada a duas unidades por pessoa, quando adquiridas sem contrato. As lojas Best Buy e Walmart estavam sem qualquer estoque até mês passado.

Outra coisa interessante que vem ocorrendo são os problemas com o Facetime, este recurso tão especial e cobiçado vem apresentando problemas em sua ativação, tanto para os aparelhos americanos desbloqueados através do JailbreakMe, como pelos vendidos aqui sem bloqueio por parte do fabricante. E aí vão mais algumas dicas.

O Facetime só é ativado caso o iPhone reconheça seu número e para isso você precisa da atualização das configurações de sua operadora. Se a operadora que você usa for TIM e seu telefone é americano já desbloqueado, basta você acionar o ícone Settings, item General e em seguida About. Você receberá então um mensagem de que existe atualização de sua operadora, aceite-a e em seguida, com o aparelho ligado remova o microSim por alguns segundos e o recoloque. Você verá que no item Carrier a mensagem mudará de AT&T 7.0 para TIM 7.1. Basta  então ativar o Facetime através do ícone Settings, acionar o item Phone e ligar a opção do Facetime. Nesse momento seu aparelho enviará um SMS internacional para um servidor da Apple para ativar o recurso, e portanto você deve ter acesso a esse serviço, caso contrário não terá sucesso em sua ativação. O custo desse SMS na TIM para um cliente pós-pago gira em torno de R$1,38.

Os usuários da Vivo com telefones desbloqueados vendidos no Brasil estão enfrentando problemas depois de atualizadas as configurações de 8.0 para 8.1, portanto não as atualize ainda se seu aparelho comprado nessa operadora já vier com a versão Vivo 8.0.

Bom divertimento a todos e até a próxima!

Anúncios

Responses

  1. Excelente matéria Wainer,

    Além de muitos detalhes técnicos uma experiência tecnológica a cada novo aparelho que é lançado, sou louco por tecnologia, meu primeiro iPhone um 3G comprei sem plano, paguei na época R$ 2.100,00 no ano seguinte comprei o 3GS com plano 300 na Claro e agora estou com o iPhone 4 da TIM (R$ 1.799,00) pré-pago, até tentei negociar na Claro, porem queriam me dar um plano de 400min+200sms+400mb de internet por R$ 386,00, fiz as contas e o aparelho mais o plano anual sairiam R$ 4.632,00 (12 de R$ 386,00) + R$ 849,00 (iPhone 4 – 16GB) total de R$ 5.481,00 partindo do atrativo plano Infinity da TIM em minhas contas vou gastar anualmente R$ 2.159, cargas mensais de 30 reais, R$ 15,50 para conectar todos os dias via 3G sem limite de navegação, e fazendo duas ligações diárias a R$ 0,25 cada (de TIM para TIM), e ainda usar todos os recursos de mensagens e voz pela internet, ou seja, valeu muito a pena comprá-lo sem contrato, sem falar que assim que sair o novo aparelho vou trocá-lo.

    Parabéns,

    Grande abraço,

    Mário Elisei

    Curtir

    • Mário,

      Excelentes informações, principalmente para quem está tentando ainda adquirir o seu, face a escasses do produto em nosso mercado.
      Dos muitos que conheço, quase todos que adquiriram seu iPhone aqui no Brasil optaram pela TIM, que não costuma ser a primeira, mas foi a que ofereceu melhores condições no que tange ao apelo principal do aparelho que é o acesso a internet.
      Comprar um iPhone sem um bom plano de dados é quase que uma insensatez.

      Abraços,

      Wainer

      Curtir

  2. Muito bom o seu comparativo, e é estranho que o modelo vendido no Brasil apresente mais probllemas do que o dos EUA. Será qiue ele foizeram alguma alteração por baxi dos panos em alguma serie mais nova e mandaram os anteriores para o 3o mundo, ou melhor “emerging markets” ?

    Curtir

    • Flávio,

      Muito obrigado por seu comentário. Realmente pensei o mesmo que você, e fiquei com a impressão, de que devido a imensa confusão ocorrida nos EUA referente ao problema no projeto da antena, eles teriam feito ajustes nos aparelhos lá vendidos e enviado, os já produzidos, aos demais países. Mas como não trabalhamos na Apple nunca teremos certeza…
      No mínimo deveriam oferecer os Bumpers por aqui também. Me parece que a Apple ainda não deu a devida importância ao mercado brasileiro.

      Abraço,

      Wainer

      Curtir

      • Exato,
        Infelizmente a Apple ainda não da tanta importância ao mercado Brasileiro, lembro-me de quando comprei meu primeiro Mac, (em 1999), tratava-se de um iMac 300Mhz, uma excelente máquina, mas, das poucas vezes que precisei de assistência da Apple o atendente sempre me falou para realizar o mesmo procedimento (famoso PRAM) foi ai que eu comecei a me virar sozinho, conhecendo o Sistema e o Hardware sem ter que depender dos serviços da Apple, hoje não é muito diferente, compro os produtos, e eu me viro para arrumá-los e tuna-los.
        Quanto ao caso do Bumper o Brasil ficou fora deste “recall, beneficio, direito”, (se é que ele se caracteriza assim), na verdade eu acredito que a Apple descobriu o problema da antena muito antes do lançamento e não iriam destruir milhares de aparelhos (com venda garantida).
        Por outro lado descobri algo interessante, trata-se de campanha Brasileira que está recolhendo comentários com intuito de tentar adquirir nossos direito, pagamos o que a Apple cobra no aparelho e por isso temos sim os mesmos direitos, alias, no meu ponto de vista a Apple no mínimo deveria corrigir o problema no Hardware.

        Mais que querer o meu Bumper, espero que este barulho faça valer nossos direitos.

        Fica ai a dica desta manifestação que pode ser feita pelo site abaixo:
        http://iwantmybumper.com/

        Grande abraço,

        Mário Elisei

        Curtir

      • Mário,

        Obrigado por seu comentário e por compartilhar valiosas informações. Também postei minha crítica no site que citou, mas até hoje a única saída certa para obter um bumper pelo IPhone 4 Case Program, seria ter uma conta na App Store Americana e com endereço dos USA, como fiz. Como tenho família que mora lá eles recebem e postam ao Brasil para mim. Mas isso só era válido até o dia de hoje, 30/09/10 quando termina o programa da Apple.
        Resta esperar que esse protesto chame mais atenção da Apple para os consumidores brasileiros.

        Abraços,

        Wainer

        Curtir

  3. Wainer:

    Achei muito bom seu artigo sobre o iPhone 4. Eu acabei comprando o meu aqui. Ainda nao chegou em casa. Comprei pelo *144 da TIM. Somente para efeito de comparaçao paguei pelo meu iPhone 4 de 16GB o valor de 12 x R$ 149,08. Porém, durante 12 meses receberei um crédito em conta de R$ 90,00. No final o aparelho sairá por 12 x R$ 59,08 ou R$ 708,96. Esse valor promocional vai e acordo com o plano e gastos mensais de cada pessoa. Como o meu plano é um dos mais baratos (pago R$ 64,90/mês) o meu desconto foi proporcional. Vale lembrar que segundo a pessoa da TIM me informou, o aparelho faz updates constantes do site da apple e vale a pena comprar um pacote de dados (eu nao tinha no meu aparelho anterior), nao so por conta desses updates, mas para poder usar todos os recursos do aparelho. Os valores dos planos de dados da TIM sao: R$ 9,90 para 100MB, R$ 19,90 para 250MB e R$ 49,90 para o plano ilimitado. Ou seja, se pegar o plano ilimitado já perdi mais que a metade do crédito que haviam me dado em conta! Mas vale tudo para ter a última geraçao do iPhone! bjos

    Curtir

    • Claudia,

      Obrigado pela sua contribuição. Realmente para que ainda pode obter algum subsídio da operadora a situação fica ainda mais interessante. Uma informação adicional é que dependendo do plano que tem pode ainda obter um plano de dados por um preço mais atraente, ou seja, R$29,90 ilimitado para usuários TIM que tenham plano e voz mais novos, como o Infinity ou Liberty. No caso de uma nova linha do plano Liberty, você ainda ganha 6 meses de acesso grátis à internet sem custo adicional. Só lembrando que esse acesso tem velocidade limitada de 300Kbps, mas sem limite de horas ou tráfego de dados.

      Abraço,

      Wainer

      Curtir

  4. Pessoas físicas pagam caro mensalmente pelo *serviço* porque o custo real do aparelho fica diluido na conta, claro, com muitos juros, uplifts e custos de “financiamento escondido do aparelho” feito pela operadora.

    Quem tem um plano corporativo baratinho como eu não tem direito a iPhone baratinho no Brasil. Então vale a pena comprar o aparelho no exterior, muito mais barato.

    Fiz as contas com mais detalhes aqui: http://avi.alkalay.net/2009/10/vale-a-pena-comprar-um-iphone-em-outro-pais.html

    Pessoalmente, acho que o FaceTime vai mudar a dinâmica financeira da conta de celular dentro de poucos anos. A medida que isso for se popularizando e a medida que outros aparelhos adotarem essa tecnologia que a Apple prometeu ser aberta, será muito mais fácil para qualquer pessoa (até para nossas tias, mães e avós) fazerem ligações VoIP gratuitas.

    Contei mais sobre essa estratégia da Apple aqui: http://avi.alkalay.net/2010/06/facetime-voip.html

    Curtir

    • Avi,

      Agradeço muito sua colaboração e cabe um esclarecimento quanto ao preço do iPhone. Tomemos como exemplo o valor que se paga por um iPhone 4 32GB sem contrato nos EUA cerca de R$1413,00 e o mesmo iPhone, também sem vínculos ou subsídios de operadora, cerca de R$2099,00. Veja que a diferença é de pouco mais de R$660,00 porém pagos no Brasil em 12X sem juros e totalmente desbloqueado. Talvez seja mais interessante para quem possa aproveitar uma viagem a negócios ou férias e economizar essa diferença, mas que não é a realidade para a maioria dos brasileiros, que teria que computar ainda os custos de viagem ou pagar um valor quase idêntico ao oferecido pelas operadoras, comprando de alguém através de sites como o Mercado Livre. Esse é meu ponto.

      Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: